Polícia Civil investiga como criminosos tiveram acesso às armas brancas dentro de penitenciária de segurança máxima

Acusados de planejar sequestro e morte de Sérgio Moro são assassinados em penitenciária de Presidente Venceslau -


Acusados de participar de um plano criminoso para sequestrar e matar o senador Sérgio Moro (União Brasil-PR), Janeferson Aparecido Mariano Gomes, o Nefo, e Reginaldo Oliveira de Sousa, o Rê, foram assassinados a facadas, na tarde da última segunda-feira (17/6), dentro da Penitenciária Maurício Henrique Guimarães Pereira, a P2 (de segurança máxima) em Presidente Venceslau (SP). Os criminosos tinham 48 anos.


O duplo homicídio ocorreu após o almoço, durante a soltura dos presos para o banho de sol, segundo informou o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime (GAECO). O local do crime passou por perícia.

Três presidiários se apresentaram como autores das execuções. Agora, a Polícia Civil trabalha para descobrir como eles tiveram acesso às armas brancas e quem são os mandantes. (Com informações do sbtinterior.com)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Comente